quarta-feira, 6 de abril de 2011

A CARREIRA DO AUDITOR


Já se sabe que os profissionais de auditoria existentes atualmente no Brasil ainda não estão totalmente preparados para atender às necessidades das grandes empresas e organizações. A adequação às normas contábeis internacionais, à Lei Sabanes-Oxley, e à legislação tributária internacional, por exemplo, exigem conhecimentos específicos que ainda não são ensinados nas universidades que formam os contadores. Mas o que é necessário para tornar-se um auditor de sucesso?

1- Ter perfil de auditor, e com isso pode-se citar algumas qualidades a possuir, como por exemplo:

·        Criatividade - ser inovador nos desenvolvimentos dos trabalhos;
·        Não ser o dono da verdade – discutir com o cliente, saber o que ele pensa sobre o assunto, havendo negativa, fazer ponderações;
·        Mente analítica – para detectar distorções;
·        Integridade – preservar seus valores em relação às pressões;
·        Independência - não participar de atos sociais junto ao cliente, manter uma relação discreta, para que os trabalhos de auditoria não sejam prejudicados;
·        Confidencialidade – conservar em segredo as informações e não utilizá-las em benefício próprio.

2- Conhecer as vantagens e desafios da profissão:

Vantagens
·        Bons salários;
·        Ascensão profissional;
·      Como os trabalhos são realizados em vários estados e até mesmo países, pode-se conhecer várias culturas;

Desafios
·        Ser fluente em outras línguas é imprescindível, principalmente no inglês;
·        Constante treinamentos e atualizações nas legislações;
·        Grande compromisso com viagens e prazos a cumprir;
·        Excesso de trabalho.

3 - Conhecer o programa de carreira profissional

1 - Assistente novo: auxilia nas diversas etapas do trabalho de auditoria após ter se submetido a treinamento inicial. Recebe avaliações a cada trabalho realizado para que sejam identificadas as condições para ascensão na carreira.
2 - Assistente experiente: auxilia nas diversas partes do trabalho de auditoria. Possui maior autonomia que o auditor “trainee”, porém recebe constante supervisão de seus superiores.
3 - Encarregado/sênior: distribui tarefas e atividades, chefia a equipe, além de orientar e supervisionar os trabalhos.
4 - Supervisor: supervisiona as equipes, define se aprofundará ou não o volume de testes e transações de cada atividade. Participa com gerentes, diretores e sócios da etapa de planejamento de auditoria.
5 – Gerente: gerencia o trabalho de auditoria, supervisiona as equipes, elabora o planejamento de auditoria, programa e supervisiona as equipes, revista pastas e papeis de trabalho e elabora relatório de auditoria.
6 – Diretor: emite relatórios e pareceres finais de auditoria, relaciona-se com sócios e clientes, exerce as tarefas inerentes ao sócio, quando necessário.
7 – Sócio: administra a empresa, negocia internamente e externamente, representa a empresa nos órgãos reguladores, é responsável pelo parecer perante o Conselho Regional de Contabilidade, assim como é a empresa que integra.

Pirâmide profissional do auditor independente



Abaixo alguns depoimentos de auditores:

“A profissão neste cenário tornou-se ainda mais importante e valorizada. A procura pelo serviço aumentou, mas também as responsabilidades para quem quiser se destacar no novo contexto”, afirma João César Lima, sócio da Price Waterhouse Coopers (PWC), especializada em auditoria.

“A ascensão profissional e os bons salários são alguns dos atrativos. Um trainee costuma receber ajuda de custo em torno de R$ 1.300, além de benefícios como o custeio da faculdade”, destaca.
André Viola Ferreira,um dos sócios da auditoria e consultoria Terco Grant Thornton.


O comprometimento exigido, porém, não assusta quem realmente sente prazer em ser auditor. Fernando Oliveira , por exemplo, não se arrepende da escolha pelo curso. Aos 27 anos, já ocupa a função de gerente na PWC. “Graças à profissão, conheço países e culturas que dificilmente conseguiria visitar se tivesse optado por outra área”, diz.

Os benefícios, obviamente, são ainda mais interessantes quando se chega ao topo da pirâmide. “Além do salário, que não é ruim, há a participação nos lucros da empresa”, afirma Marcelo Gonçalves, diretor de RH da Terco Grant Thornton.

SAIBA MAIS

Algumas empresas de Auditoria oferecem vagas com plano de carreira bem definido, promoções por mérito e constantes programas de treinamento.  São vagas para profissionais experientes e para jovens recém formados ou que estão cursando o ensino superior em áreas como Economia, Ciências Contábeis, Engenharias e Direito. O interessante é que para jovens recém formados ou em curso não é exigido experiência profissional, dessa forma podem ingressar na empresa por meio de programas de trainee. Além disso, muitas empresas disponibilizam em seus websites o perfil de profissional que procuram, que habilidades este deve ter, quais benefícios a empresa oferece e até mesmo dicas e perguntas para a entrevista. 

Você que ficou interessado pode encontrar mais informações nos seguintes endereços:


REFERÊNCIAS:


Carreira de auditores contábeis. Disponível em:

Saiba mais. Disponível em:

Equipe: Jaqueline Gubler, Layla B. Boos Martins e Leandro Marques

17 comentários:

  1. O fortalecimento da carreira na área de auditoria está em uma fase de crescimento bem acentuada, isso devido à mudança na concepção do papel do auditor, podemos verificar essa mudança no pensamento das pessoas, no trecho da reportagem de Leandro Álvares da Folha de São Paulo (2009):

    “Há alguns anos, anunciar em qualquer empresa a visita de um auditor contábil era sinônimo de pânico e temor para a “vítima” desse profissional, cuja função é averiguar se os registros e demonstrativos contábeis estão sendo executados de forma correta. Mas, por conta da crise financeira global e, principalmente, das mudanças aplicadas na área de contabilidade com a vigência da lei nº 11.638, as organizações passaram a compreender melhor a importância de serem inspecionadas pelo já não mais intitulado bicho papão.”.

    Sendo assim, o profissional da auditoria, está sendo muito valorizado e tendo sua importância cada vez mais evidenciada.
    Porém, apesar da carreira de auditor ser muito consagrada e render muito conhecimento e crescimento pessoal e financeiro, ela requer uma série de abdicações por parte do profissional que queira exercer essa função.
    Na mesma reportagem da Folha, encontra-se a afirmação, de que a profissão de auditor garante bons salários, mas exige muito com viagens, prazos e vários cursos. O que comprova o comprometimento que esse profissional deverá ter ao entrar nesse mercado de trabalho. Portanto, assim como em toda profissão, a pessoa deverá gostar e se identificar com a função, pois o comprometimento exigido, não assusta quem realmente sente prazer em ser auditor.

    Ainda, na reportagem da Folha de São Paulo (2009), pode-se verificar a qualificação e formação acadêmica que o profissional que queira exercer a função de auditor, deverá ter:

    “Para ser um auditor contábil, é imprescindível ter o diploma de ciências contábeis, cinco anos de experiência e aprovação em um exame na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Entretanto, graduações como administração de empresas, direito e economia, além de pós-graduação e MBA, são bem-vindas à formação deste profissional.
    O domínio de línguas estrangeiras, em especial inglês e espanhol, são outros diferenciais, já que agora - em busca de uma convergência - estamos em contato direto com os padrões contábeis internacionais”

    Percebe-se, afinal, que há mercado para o profissional que tenha vontade de ser auditor, mas para isso, ele deve ser comprometido com a sua função.

    Fonte:
    Vantagens e desafios da área de auditoria
    Leandro Alvares
    O Estado de São Paulo - 22/2/2009

    ResponderExcluir
  2. É muito bom estarmos cientes do fato de termos escolhido cursar Ciências Contábeis, pois é um curso que pode nos proporcionar diversas opções de trabalho que são interessantes, e uma delas é a auditoria.
    Pode-se dizer que é uma das melhores. Como citado no texto, possui suas desvantagens, entretanto não podem ser comparadas as suas vantagens. O profissional que decide por seguir esta carreira se depara-rá com muitos benefícios, como bons salários desde os que são iniciantes até os mais experientes, vários auxílios para uma melhor qualidade de vida e também à educação, e ainda constantes aperfeiçoamentos, entre outros.
    O inegável dessa profissão é o conhecimento que ela gera aos indivíduos que nela trabalham.
    Isso se dá com a experiência de trabalhos realizados nos mais diferenciados tipos de organizações em diferentes segmentos, cada um com suas características contábeis próprias, que cada auditor terá que estudar e se inteirar para poder trabalhar de uma maneira mais adequada.
    Também existem outros dois conhecimentos que se unem, pode se conhecer outras culturas e outros países, que dificilmente outra profissão proporciona, mas para isso é preciso que se tenha fluência em outras línguas.
    Pra quem gosta de contabilidade e grandes desafios, a Auditoria é uma ótima aposta.

    ResponderExcluir
  3. Conforme foi abordado o auditor deve ter certas qualidades como: ser criativo, não ser o dono da verdade, ter mente analítica, ser íntegro, manter a independência e a confidencialidade. Porém antes de todas estas, eu diria que ele precisaria de outras duas grandes e fundamentais qualidades para exercer essa a profissão: a disciplina e a "fome" de conhecimentos. A primeira refere-se tanto ao seu lado de vida perante a sociedade, quanto a sua busca de novos conhecimentos, já que a primeira se reflete na segunda qualidade. O auditor terá que ter muita disciplina, empenho e vontade de sempre estar se atualizando e buscando novos conhecimentos, pois o trabalho é árduo e demorado. Já na sociedade ele é visto como uma pessoa íntegra e fiel ao seu trabalho, e este é o seu dever.

    ResponderExcluir
  4. Acredito que para o profissional se torne um auditor de sucesso é necessário acima de tudo comprometimento com o trabalho, despender até mais do que gostaria do seu tempo para o trabalho e principalmente ser destemido, não ter medo de encarar desafios e buscar sempre mais. Para se tornar um profissional de sucesso, muitas vezes é necessário que este se prive de algumas coisas que gostaria de fazer, que no momento possa não lhe ser uma decisão muito agradável, mas a longo prazo, na maioria das vezes, esta decisão poderá lhe render bons frutos.

    ResponderExcluir
  5. A Profissão de auditor tem bons salários, mas seu comprometimento profissional e muito importante.
    A visita de um auditor contábil na empresa é que algo precisava ser verificado por este profissional, e se os registros e demonstrativos contábeis estão sendo executados de forma correta. Mas, por conta da crise financeira global e, principalmente, das mudanças aplicadas na área de contabilidade com a vigência da lei nº 11.638, as organizações passaram a compreender melhor a importância de seu trabalho.

    ResponderExcluir
  6. Toda profissão seguida e carreira pretendida, exige do profissional dedicação, competência e comprometimento para que se chegue ao pretendido. Na carreira de auditor não poderia ser diferente, este também deve delimitar suas prioridades e disciplinar suas atitudes para ser um profissional de sucesso e para obter uma carreira promissora.

    ResponderExcluir
  7. Graselene Lindner17 de abril de 2011 18:36

    Toda profissão requer profissionais qualificados, atentos às mudanças, que buscam constante qualificação. Isso se torna um requisito cada vez mais importante para os auditores, pois estamos vivendo em um momento de muitas mudanças, num processo de convergência as normas internacionais de contabilidade e de auditoria, isso requer especialização, muito estudo, dedicação, sacrificar em alguns casos alguns projetos pessoais para dar à devida atenção as questões profissionais.

    ResponderExcluir
  8. Muito interessante o post por trazer para a prática o que temos visto em sala de aula. Assim, podemos focar esforços objetivando alcançar um determinado patamar de realização pessoal, conhecendo um pouco mais desse plano de carreira.

    ResponderExcluir
  9. Os profissionais de auditoria existentes no Brasil não estão totalmente preparados para atender ao Mercado Global. A adequação às normas contábeis internacionais, à Lei Sabanes-Oxley, e à legislação tributária internacional, por exemplo, exigem conhecimentos específicos que ainda não são ensinados nas escolas que formam os contadores. Os auditores globais estão sendo formados dentro das empresas.

    ResponderExcluir
  10. Entende que o planejamento estratégico e a boa apresentação em público são relevantes para a ascensão na carreira, sem ontar na responsabilidade e conduta ética que também terá que ter. De acordo com os especialistas, as novas normas do setor farão com que cada vez mais as decisões das empresas passem pela área contábil, com destaque para os auditores. A carga de treinamentos será cada vez maior para todos os níveis de carreira; seja trainee, sênior, gerente, diretor ou sócio.

    ResponderExcluir
  11. Todas as profissões possuem suas vantagens e seus desafios, todas cobram do profissional integridade, comprometimento, competência, dedicação, essa cobrança é de total importância para a carreira, ela desenvolve os profissionais e cabe a cada um onde quer chegar. O interessante dessas empresas de auditoria é que para ser treinne não necessita experiência, uma chance para os acadêmicos que querem seguir essa área.

    ResponderExcluir
  12. Marcia Mensor Lunelli23 de junho de 2011 16:03

    A Carreira de auditor é muito notável na contabilidade e a que mais exige conhecimento, muito trabalho e viagens. É uma carreira que traz retorno rápido, possibilitando ao auditor alto nível técnico.
    O salário inicial para um trainee varia de R$ 1000 a R$ 1500, dependendo da empresa e do porte. Hoje, no mercado as principais empresas são: PwC, Ernst & Young Terco, KPMG e Deloitte. Estas empresas auditam 90% das CIAs abertas do país. Abaixo destas, porém existe outro grupo, que são: Mazars, Baker Tilly e BDO RCS.

    ResponderExcluir
  13. A carga de trabalhos, estudos, treinamentos e aperfeiçoamentos será cada vez maior para todos os níveis de carreira: seja trainee, sênior, gerente, diretor ou sócio.
    Auditoria é sinônimo de educação continuada e requer muita dedicação, além de extremo compromisso. A opinão do auditor é referência em muitas empresas. Portanto, a proifissão de auditor é uma enorme responsabilidade.

    ResponderExcluir
  14. Qual é a qualificação profissional exigida para os membro de uma equipe de auditoria Contabil e financeira?

    ResponderExcluir
  15. Sou auditor da KPMG e não desejo essa vida pra ninguém. Diferentemente do que dizem, ganhamos muito mal, trabalhos muito e somos odiados pelos clientes e a equipe sempre está mal-humorada. É um ambiente tenso, todo mundo cobrando todo mundo e todo mundo se F#$@#$. Melhor coisa, ser analista contábil de uma multinacional, ter seu salário bom, horários pra entrar e sair, tarefas bem definidas e até rolar uns happy hour de sexta a noite. Lembrem-se, auditor não tem isso! É sabado, domingo, 1 hora da manhã.. trabalho trabalho trabalho, e dinheiro que é bom nada.

    ResponderExcluir
  16. este post fala sobre a carreira de auditor fiscal da receita federal?

    estou fazendo faculdade de fisioterapia e pretendo-me, depois de me formar, fazer o concurso publico da receita federal, que é meu sonho.

    ouvi falar que auditor fiscal da receita recebe ameaças de morte. isso é verdade?

    ResponderExcluir
  17. fale-me um pouco sobre a carreira do auditor fiscal da receita federal, o que tu achas?
    aguardo mais info!

    ResponderExcluir

Deixe aqui sua opinião, dúvida ou segestão sobre o tema abordado!